quarta-feira, 14 de julho de 2010

Já não somos mais punks


Um dia atrás éramos punks. Escrevíamos cartas para punks do mundo todo, líamos zines, comprávamos discos, fitas cassetes e cds, organizamos matinês com bandas de punk-hardcore nos finais de semana, tocávamos em bandas, editávamos os nossos próprios zines, não tomávamos coca-cola, nem pepsi. Odiávamos o capitalismo, o Estado e Igreja.

Hoje não vamos escrever uma carta, nem perdemos tempo com cds, menos ainda com as matinês, também não tocamos guitarra. O máximo que chegamos a fazer é ler, ouvir os mesmos discos de antes, tomar Pepsi e querer destruir o capitalismo, o Estado e a Igreja.

Desconheço autoria da imagem

Um comentário:

cami xxx disse...

hahahaha
demais esse texto, maikon!
mas, lembre-se: punk's not death!